quinta-feira, 4 de junho de 2015

Sentindo na pele

Com o passar dos anos, a pele - órgão responsável por regular a temperatura do corpo e protege-lo, torna-se frágil e sujeita às agressões do meio ambiente. O envelhecimento da cútis varia de acordo com predisposição genética e os hábitos do individuo ao longo da vida. A ação cumulativa da radiação solar determina uma série de alterações na pele que levam ao chamado fotoenvelhecimento.

A cor da pele

De acordo com o tipo de pele e o tempo de exposição continuada ao sol, os sinais desse envelhecimento acentuam - se e manifestam -se de várias maneiras, como, por exemplo, pelo afinamento da pele, por uma tonalidade amarelada, o aparecimento de rugas, vasinhos dilatados (telangiectasias) e as manchas escuras (melanose solar ou mancha senil). Estas podem tornar-se e as manchas escuras (melanose solar ou mancha senil). Estas podem tornar - se avermelhadas e grossas (queratose actínica), ou surgir desde o inicio vermelhas ou acastanhadas e ásperas e até transformarem-se em cancro da pele. Segundo Solange Pistori Teixeira, professora de dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp, a mancha senil (também conhecida como melanose actínica) é, portanto um dos sinais de fotoenvelhecimento - ou o envelhecimento causado pela exposição crónica e excessiva ao sol.
" Elas são popularmente chamadas assim (manchas senis) porque costumam aparecer em pessoas com idade mais avançada. Trata - se de manchas de cor castanho-claro a escuro, arredondadas ou ovaladas, que ocorrem predominantemente em áreas expostas como a face, as mãos, o antebraço, o colo e as pernas de pessoas principalmente de pele clara e , em geral, após os 40 anos de idade," diz a especialista. Essas manchas acontecem em virtude do aumento do numero e da atividade dos melanócitos, células responsáveis pela produção de melanina - o pigmento que dá cor á pele, causada pela radiação ultravioleta. Quanto mais clara for a pele e quanto mais sol a pessoa apanhar durante a vida , se a proteção adequada de filtros solares , mais melanoses actínicas irão surgir no decorrer dos anos, podendo ser observadas em quase 90% das pessoas caucasianas (pele clara) com idade acima dos 60 anos.
Existem dois tipos de envelhecimento da pele: o intrínseco - cronoenvelhecimento- que é a degeneração natural; e o extrínseco, provocado pela exposição ao sol. O cronoenvelhecimento tem inicio a partir dos 25 anos. é caracterizado pela perda do colagénio e da elastina, proteínas que dão firmeza e elasticidade à pele, redução do tecido adiposo e diminuição hídrica. Esses fatores causam o ressecamento bem como a diminuição da estrutura óssea, normal com o avançar da idade. A professora Solange Teixeira explica que as manchas senis não são cancro da pele. Porém a sua presença é o resultado de extensa exposição ao sol.

Tipos de manchas

Melanose actínica ou mancha senil - começam avermelhadas e podem ficar ásperas (queratose actínica). São provocadas pela exposição crónica e excessiva ao sol.

Leucodermia solar - São aquelas sardas brancas de 1 a 5 milímetros que aparecem nos braços, pernas e abdómen. A exposição solar é causa única, mas só atinge pessoas com predisposição genética.

Dermatite por fotossensibilização - Manchas escuras provocadas pelo contato da pele com sumo de limão ou leite de figo e exposição ao sol. Esses produtos estimulam a produção de melanina pelas células, pigmentando a pele.

Despigmentação química - O contato continuo com botas, luvas e sandálias de borracha favorece a despigmentação da pele, devido ás substâncias químicas que fazem parte do processo de fabricação desses artigos.

Cuide da sua pele

Mantenha a pele hidratada
Faça isso bebendo água regularmente, todos os dias.
Seis a oito copos ajudam a resolver o problema.

Banhos
Eles são essenciais para manter a pele limpa, mas não demore mais do que cinco minutos sob o chuveiro de água quente. isso evita a perda dos óleos naturais e proteínas que protegem a pele.

Não beba bebidas alcoólicas ou cafeinadas
O álcool altera a produção de enzimas e estimula a formação dos radicais livres que causam o envelhecimento.

Coma alimentos saudáveis
Frutas, vegetais, leguminosas, cereais, e tubérculos integrais providenciam vitaminas, sais minerais e proteínas que mantêm e reconstroem o organismo.

Pare de fumar
O calor da chama e o contato do fumo com a pele provocam o envelhecimento e a perda de elasticidade. O fumo também reduz o fluxo dos vasos que irrigam, oxigenam e alimentam a pele.  















Sem comentários: